Os @Barbixas – Narradores (@BrunoMotta e @Marco_Goncalves) RT pela noção geografica nada normal dos jogadores…

0:00
Vamos jogar “Narradores” agora, todo mundo de pé.
0:03
“Narradores” é bem simples. Um deles vai ser o narrador da história,
0:08
mas toda vez que eu tocar a campainha, a gente troca o narrador.
0:11
Quem tá fazendo a cena tem que dar um jeito de um ir narrar a história,
0:14
e o narrador vem pra cena. Quando eu tocar a campainha a gente muda o jogo.
0:19
Agora eu vou querer da plateia um ditado popular incomum.
0:24
[espectadora] ‘Enquanto eu estou no caju, você já está na castanha’!
0:27
‘Enquanto eu estou no caju, você já está na castanha’!
0:30
Vai ser o título do “Narradores”, que começa agora!
0:38
Sertão da Paraíba cearense…
0:50
Ô mulher… Essa divisa da Paraíba com o Ceará é uma coisa…
0:57
Eu tô tão cansada…
1:02
Eu tô tão cansada que eu nem sei mais onde eu tô!
1:06
Se você seguir reto aqui, é a França!
1:11
Aquela família era confusa. Plantavam, aravam, mas nada… [campainha]
1:18
Nada nascia naquela terra!
1:21
Eita vida! Faz quatro meses que a gente plantou aqui nessa divisa maluca e nada nasce!
1:28
– Nada nasce… – Até que um dia… [campainha]
1:34
Um deles teve a brilhante ideia de plantar um cajueiro.
1:37
– Vamos plantar um cajueiro! – Rapaz, que surpresa!
1:42
Olha pra essa sementinha!
1:45
Era uma semente que vinha da divisa do Mato Grosso com Roraima…
1:53
– Rapaz! – Era um semente especial do Pantanal Amazonense!
2:00
Isso não vai crescer nada! [cuspe]
2:07
– Eita! – O caju tá crescendo! O caju tá crescendo!
2:10
– Mas com o cuspe já cresceu? – Caramba!
2:14
Imagina se eu mijar aí!
2:19
– Mas que louco… – Dá uma mijadinha!
2:21
E então… [campainha]
2:26
Só nasceu castanha!
2:29
Mas não é possível, não dá caju, só dá castanha!
2:32
Mas o que vende mais, caju ou castanha?
2:33
Castanha, demo bem!
2:35
Eles recolhiam as castanhas, colocavam em grandes sacos e foram pra… [campainha]
2:43
Cidade grande!
2:45
Ei, vamos naquela cidade que é divisa de São Paulo com Vitória!
2:50
– Eles começaram a vender as castanhas… – Ó… [campainha]
2:55
Ó a castanha!
2:57
– As pessoas começaram a comprar de balde! – Eu quero comprar… [campainha]
3:03
Eu quero um pedaço, eu quero um balde, uma bacia, um caminhão!
3:07
Rapaz, essa é a famosa castanha da divisa de São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul?
3:11
É, essa castanha aqui é a melhor da região!
3:13
Hum, não sinto nem o gosto do caju, é direto na castanha!
3:17
Ficou conhecida como a Castanha do Brasil, pois ninguém sabia exatamente de onde ela veio.
3:23
[sotaque estranho] Por favor, eu sou um africano húngaro…
3:31
Estou interessado em vender essa castanha para todo o norte da Austrália Ocidental!
3:39
Eles assinaram um con… [campainha]
3:42
…trato de venda… [campainha]
3:46
E venderam várias castanhas para todo o território asiático, inclusive a Suíça!
3:58
[imita chinês] ‘A China quer Castanha do Brasil! Castanha!’
4:02
[imita chinês] ‘Castanha, japonês da China pode comer’!
4:05
Todo o Japão, inclusive Paris, estava louco pela castanha!
4:09
[imita francês] ‘Messiê, bonjur, eu quero castanhá de cajú’!
4:13
Hoje eles estão… [campainha]
4:16
Exportando para o mundo todo, através dos seus aero-submarinos.
4:24
[campainha e aplausos]
4:36
O Improvável não se responsabiliza pelos conhecimentos geográficos dos seus jogadores.
4:42
A opinião dos jogadores não representa a opinião deste espetáculo
4:47
acerca das capitais do Brasil.
4:51
Improvável. Um espetáculo provavelmente alfabetizado.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s