Arquivo da tag: Filho do Éden Paraíso Perdido

Teorias….

Padrão

IMG_0715

Depois que eu terminei de ler “Filhos do Éden Anjos da Morte” e depois ter escutado o renegadoscast sobre o livro, fiquei com algumas teorias, se isso pode chamar de teorias.

O Ablon tem a missão de capturar o primeiro anjo (no passado),  no livro “A batalha do Apocalipse”,  não mostra como e o porque o primeiro General se revela contra os Arcanjos, estou achando que o Ablon muda de lado quando capturar o primeiro anjo e ter uma conversa com ele, depois que o mesmo descobrir a crueldade que o Arcanjo Gabriel fez com a família do primeiro anjo ele vai ter motivo para voltar contra os Arcanjos.

A segunda teoria é que a Kaira só vai lembrar do passado dela como anjo quando estiver frente a frente com o primeiro anjo, e aquela pergunta do renegadoscast que a  a Kaira possa ser um sentinela,  acho que pode ser realmente o passado dela que ela não lembra.

O Primeiro Anjo é a chave dessa união dos personagens  da A Batalha do Apocalipse e  Filhos do Éden.

Esperando por mais….

Momento quero mais….

Padrão

IMG_0715

Eu terminei de ler Filhos do Éden Anjos da Morte, quando eu li o prologo do terceiro livro dessa trilogia…

Eu fiquei “quero mais”, quem ainda não leu termina de ler e para quem leu talvez ficou com a mesma sensação  que a minha. O prologo do livro Filho do Éden Paraíso Perdido, foi de mexer com as emoções do leitor, pelo menos mexeu com a minha emoção!

Antes de terminar de ouvir o  renegadoscast #43, tive que terminar de ler, por que no final tem spoiler de Anjos da Morte, por isso eu tive que ler o livro até o fim, por que eu não queria levar spoiler na cara.

Teve 10 minutos de perguntas com spoiler sobre Anjos da Morte,  aquela ultima pergunta me deixo mais curiosa que eu já estava, principalmente por que o Eduardo não respondeu essa bendita pergunta que me deixo cada vez mais curiosa.

No terceiro livro vamos descobrir o passado da Kaira e vamos acompanhar a missão dela. E que vai acontecer com  Denyel,  que  me faz lembrar o Wolverine ( X-men).

Tanto a vida dos personagens, vendo  pessoas queridas morrendo,  de não fugir de uma luta no caso do  Denyel é por causa da sua casta guerreia  e no caso do Wolverine é por causa do seu extinto, não temem a morte. Essas características do Denyel me faz lembrar do Wolverine.

Quem curtiu  ler “A Batalha do Apocalipse” vai ter uma surpresa agradável no prologo do Paraíso Perdido. Os livros do Eduardo Spohr me surpreendeu a cada linha, cada paragrafo e cada capitulo.

Na “A Batalha do Apocalipse”, me surpreendeu por que eu não esperava o final que foi.

Em “Herdeiros de Atlântida” que me deixo triste, essa é a palavra certa o que me deixou triste foi a morte de um personagem muito querido.

Em “Anjos da Morte“, além do envolvimento da historia nas guerras do seculo XX ( eu sou APAIXONADA por história e fascinada  pela guerras,  eu amei o livro), o Denyel  combinou perfeitamente com os cenários das guerras citadas no livro, diferente dos outros livros, esse deixa o leitor cada vez mais angustiado, eu pelos na minha leitura me senti dentro das guerras,  me senti parte do livro; eu ficava dois, três dias sem ler o livro ,eu tentava, mas, eu não conseguia ler , além do que nesse período que tava lendo o livro eu tava em crise de depressão.  Junta um livro que te deixa angustiado com crise de depressão, eu olhava para cara do livro, abria na pagina que eu tava, mas, eu não conseguia ler. Eu coloquei uma meta de leitura terminar de ler “Anjos da Morte”, antes do final da minha ferias, não que eu terminei de ler o livro, amei! Mas, to com um vazio enorme no meu coração, por que eu quero mais.

Mais um texto que escrevo sobres esses ÓTIMOS livros!! :D